A Condenada do Esgoto

Diz à lenda que uma menina chamada Suzy,desde que nasceu era meiga e falante.Quando completou 10 anos de idade sua mãe deu a ela um presente,que era uma tradição da família,um álbum de fotografias que foi passado de geração em geração.Era um álbum muito velho.A maioria das fotos estavam"mofadas" e em preto e branco.Suzy estava curiosa quando foi abrir o álbum sua mãe disse “Agora não.Já passou da sua hora de dormir.Você abre amanhã". Quando a mãe saiu do quarto,Suzy pegou o álbum de fotografias e o abriu.Foi folhando até achar uma pagina do álbum,onde estavaescrito:"Sabrina".Era sua tia,que havia morrido misteriosamente enquanto passeava pela rua.Nessa página havia umas manchas de sangue profundas e bem esquisitas.As fotos estavam velhas e empoeiradas.Mas em certa foto onde em baixo estava escrito "A morta" Estava em branco,não tinha nada. Desse dia em diante,Suzy nunca mais foi a mesma,ficava trancada no quarto e não queria falar com ninguém. Seu pai,Mylton,mandou ela ir passear na rua,para ver se respirar um pouco de ar fresco iria deixá-la mais calma.Suzy foi,estava andando calmamente quandopassou por um bueiro,era umbueiro que tinha alguma coisa familiar para ela,Suzy agachou para examinar o bueiro quando um vulto muito forte passou na frente dela.Comum pulo para traz agarota saiu correndo e se escondeu atrás de um poste. Ela sentiu vontade de ir ao banheiro e viu uma cabinezinha escrito"Toilet",Suzy entrou,usou e quando foi destrancar a porta,a porta não queria destrancar,não tinha como ela passar por baixo nem arrombar a porta pois a madeira estava muito forte para ser quebrada.Suzy voltou-se para o vaso sanitário e viu que a água ficou PRETA e sentiu outro vulto forte atrás dela.E,do nada saiu do vaso -com dificuldade - uma mão,verde e suja que a puxou para dentro do esgoto. Suzy olhou para a criatura que a puxou do esgoto.Ela tinha um cabelo meio cinza.Seus dentes eram grandes e afiados,a pele suja e verde, era gelada e escamosa,os olhos vermelhos e sangrentos.Mas o que mais a assustou foi na cabeça.Tinha

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *