A voz da Morte

Há muitos anos atrás em umacorte na Europa, existia uma família muito pobre e humilde. A mãe trabalhava das 04h00min da manhã até as 22h00min da noite, para poder alimentar os seus filhinhos. O mais velho deles era Heniltom ele sempre desobedecia aos seus pais e por isto era o que sempre ficava de castigo. Certo dia opai dele arranjou um emprego, pra ajudar a construir a casa de um coronel novo na cidade... Ninguém nunca tinha ouvido nada sobre a nova família. O coronel lisonjeado com o trabalho do mais novo empregado resolveu fazer umalmoço muito especial para conhecer a família do tal homem! Na noite tão esperada a família de Heniltom se arrumou e forampara o encontro. Chegando lá se depara com uma empregada muito bonita alta,magra com uma ótima educação que os recebeu e mandou-os entrar, que a família do coronel já ia descer. Sentaram-se a mesa de jantar, a família desceu; começou o almoço tão esperado. Conversaram sobrevárias coisas, principalmente negócios. Quando o almoço acabou foram se sentar na sala principal e o menino mais velho disse que iria ao banheiro, o coronel assentiu que sim e ele seguiu. Mas o que ele não esperava é que não chegaria ao banheiro... Quando estava passando pelo corredor escuro ouviu vozes de uma menina chamando pelo seu nome: “Heniltom, Heniltom me salve.Quero a minha mãe”, o menino nada assustado e muito ousado foi seguindo a voz... Quando ele abriu a porta do quarto ele se deparou com uma pequena jovem chorando sentada em um canto um pouco clareado do quarto, quando foi se aproximando da menina e a cutucou ela levantou, esquartejou o menino, e enfiou vários pregos em seu corpo. O pessoal com a movimentação e gritos do menino ficou desesperado e foram seguindo a voz, quando abriram a porta viram o menino caído no chão todo ensanguentado, mas não tinha sinal de ninguém ao seuredor, nem de arma nenhuma como faca somente pregos em seu corpo, ou outra coisa. Ficaram horrorizados e no dia seguinte reuniram a família para o enterro da criança. O casal que morava na casa foi embora na

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *