Vivo ou Morto

Max Hoffman foi declarado clinicamente morto enquantocom a idade de cinco anos. Foi então sepultado. Na noiteseguinte após o enterro, sua mãe se enlouquecia com um sonho que a pouco tivera. No sonho via seu filho se revirando no caixão, lutando desesperadamente para manter sua vida. A morte o caçava; era visto pela mãe com as mãos atravessadas abaixo da face direita. A Sra.Hoffman, depois de acordar do pesadelo, tentavaconvencer seu marido a resgatar o filho, mas ele recusou o plano; tinha a idéiade que sua esposa ainda nãoaceitava a morte do filho. Outra noite chega, e a ela traz de volta o mesmo perturbador sonho.Seu marido agora concorda em verificar o corpo do filho.Foram ao cemitério á uma hora da madrugada e, com a ajuda de um vizinho, desenterram e Hoffman fora real tinha as duas mãos cruzadas sob a bochecha direita, conforme o sonho mostrava a sua mãe; não tinha sinal algum de vida. Para diminuir a inquietação da sua mulher, que acreditavapiamente que o filho ainda estivesse vivo, Hoffman concordou em levar o corpo do filho a um médico a fim de reanimá-lo.Levaram-no ao mesmo médico que assinara o atestado de óbito do menino.Embora a princípio resistisse, o médico começa atentar reviver o garoto. Uma hora depois, uma pálpebra seabre, Max estava vivo! Uma semana depois Max estava totalmente recuperado, e vivendo até aos seus 89 anosde idade.

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *