Espírita

Desde pequeno,freqüentava um centro espírita em minha cidade (Uberlândia MG), ajudava em tudo, até mesmo a ministrar os ensinamentos aos recém convertidos a seita, pois era muito evoluído espiritualmente como me diziam os mais velhos. Nisso foi até meus 17 anos,mas quero relatar aqui o que me fez mudar de opinião e também de religião. Quando muitos falavam de Chico Xavier e nas vezes que ele aparecia na TV eu tinha a impressão de que por trás dele via um vulto estranho, era negro como se fossem encapuzadas, suas vestes balançavam ao vento, e ao seu redor raios negros saiam de suas mãos.Resolvi viajar para Uberaba para ver de perto, enfrentei filas enormesde fiéis, porém de todas as formas nunca consegui estar cara a cara com ele. Fiquei durante uma semana na cidade, e sempre algo me impedia de alcançá-lo,ouvi relatos de pessoas dizendo que um médium em um bairro de Uberaba não vai dizer o nome para não prejudicar os fatos e as pessoas envolvidas, dizendo que incorporava o espírito de Nossa Senhora Aparecida, então fui comprovar. Era sexta- feira as 20:00 quando começou a sessão,muitos choravam, esperniavam, se contorciam de formas estranhas, um leve cheiro de incensos de rosas no ar impregnavam o local, e eis que surge o suposto médium vestindo um manto azul com uma coroa na cabeça, conversava com todos, abençoava, dava conselhos e no final se despedia com lágrimas que eram recolhidas e vendidas para quem quisesse pagar o preço, que era muito alto como pude comprovar posteriormente. O que muitos não sabiam era o que meus olhos estavam vendo; Um ser macabro com garras e dentes enormes envolta num manto negro, um odor forte de fezes e enxofre, e não parava de olhar para mim, senti calafrios percorrerem por todo meu corpo e ansiava por acabar asessão pois meus pés ficaram paralisados, tinha vontade de sair mais não conseguia.Pela manha e com aquilo na cabeça resolvi perguntar a um padre, era meu primeiro contato com outra religião,expliquei tudo o que vi e senti, ele me disse que o bispo já estava à parte do fato estava à parte do fato e dera carta branca a elepara agir. Estiquei minha estada junto ao padre na casa paroquial,onde tive meuprimeiro contato com o catolicismo e meus pensamentos foram mudandosobre Jesus e seus feitos, ele me convidou para irmos na próxima sessão dar fim a estaheresia e expulsar o demônio,durante o caminho o padre rezava algo em latim que não compreendia, apenas com um frasco dourado envolto com um pano branco cheio de símbolos, entramos e sentamos no fundo, silenciosamente esperamos até a entrada triunfal do médium, então varias coisas aconteceram ao mesmo tempo, ao abrir o pano que cobria o frasco, uma luz intensa inundou o local, o vento arrancou todas as portas, um trovão e um relâmpago riscaram o céu e asala tremeu como se tivesse um terremoto. Uma histeria sefez entre as pessoas e imediatamente cessou restando apenas eu, o padre e o suposto médium que estava cego e mudo diante de nós,então perguntei ao padre que arma era aquela que tinha usado, ele gentilmente abriu o pano e me mostrou algo redondo com uma cruz no meio “uma hóstia". "Diante do Rei dos reis todo joelho se dobrará"

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *