A casa em que eu morei (Vítor-MG)

Isso aconteceu na cidade emque nasci, Corinto, interior deminas, eu morava em uma casa grande de dois andares, sendo o segundo um salão de festas, este salão era redondo, em suas paredes havia espelhos. Certa noite euestava dormindo quando acordei assustado pois cheguei a ouvir passos pelo corredor, ao olhar para o mesmo vi uma pessoa de capa preta atravessando o corredor. Fui atrás para olhar o que era, vi que a pessoa subia as escadas para o Salãode festas. A porta encontrava-se aberta, entrei dentro do salão fui até o meio, quando parei, a porta do salão bateu o espelho imediatamente quebrou. Quando olhei para trás vi quea pessoa não era uma pessoacomum, pois ela estava me rondando dentro dos espelhos. Certa hora o espírito saiu do espelho e medeu uma pancada forte, assim eu desmaiei. Depois disso só lembro o que meus pais relataram a mim, eles disseram que quando acordaram não me encontraram na cama me procuraram por toda a casa e não me encontraram. Ao olharem o Salão de Festas perceberam que a porta estava trancada. De imediato meus pais se preocuparam pois pensaram o pior, eles pegaram a chave extra do Salão de festas. Mas para aumentar a preocupação de meus pais, eles não conseguiram abrir a porta, parecia que alguém trocara osegredo. Meu pai então decide derrubar a porta. Quando ela caiu eles se assustam pois eu estava desmaiado, e ao olharem para as paredes do Salão, viram que todos os espelhos estavam em pedaços. Minha mãe foi logo me pegar nos braços, meu pai disse que ficou sem reação pois ele nunca pensou que eu seria capaz de fazer aquilo. Eu confirmei o fato e contei a eles o que acontecera na noite passada, eles ficaram espantados. Foi aí que tomamos a decisão de nos mudarmos. Hoje a casa que morávamos foi destruída e construíram outra lá, mas ninguém mora, pois mesmo com a demolição de minha casa acontecem coisas naquele lote. Hoje moro em Belo Horizonte, tenho 15 anos sou estudante, e muitas outras coisas acontece comigo. Até hoje lembro do fato que aconteceu comigo em Corinto.

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *