O ESPÍRITO DE VITÓRIA (REAL)

Em uma vila no ano de 1954, morava uma família que era composta pela mãe Cindy, o pai George, a filha Vitória de cinco anos, e a filha maior Lucy de oito.

 Em uma viagem de carro, a família ia muito feliz cantando, se divertindo. Do lado da estrada, na beira de um barranco tinha um lago bem extenso.

No meio das brincadeiras e da cantoria o pai se virou para trás pra brincar com a filha se esquecendo do volante, o carro perdeu o controle e caiu pelo barranco até chegar ao fundo do lago.
 Lucy tentou salvar Vitória só que ela ficou presa no carrinho de bebê e não soltava. Lucy então abriu a porta do carro e nadou até a superfície chorando muito.

O carro da polícia pegou Lucy e a encaminhou a um lar. Anos depois diziam ver uma menina na beira da estrada, que atrapalhava os motoristas e fazia-os caírem no fundo do lago.

Quando Lucy completou 10 anos foi viajar com a nova família, viu uma menina na beira do lago e logo reconheceu: Era Vitória!Lucy gritou o seu nome, mas percebeu que era só o espírito dela.

 Anos depois vitória parou de aparecer naquelas redondezas, procuravam por ela e acharam um rastro: Um pedaço do pano de seu vestido. Naquele local plantaram uma árvore era linda, dava flores brancas todos os meses. Em frente à árvore colocaram uma placa escrita: Vitória-1949 a 1954. E ela ficou consagrada naquela árvore. Dizem que até hoje a árvore das flores brancas.
imagem ilustrativo

Jetspich
28 de abril de 2015




LEIAM TAMBÉM:




Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *