UMA NOITE DE TERROR

Moro em um pequeno sitio de milho e arroz com minha família, no interior da cidade de Arame no maranhão muito afastado da cidade,por isso viagens a cidade são muito frequentes para vender e comprar novos produtos.


Em uma tarde vindo a pé de mais um dia chato na cidade, andando em uma estrada de barro vejo uma pequena casa de palha abandonada ,olho no relógio e vejo que já são 4:00 da tarde e ainda faltava um bom pedaço para o meu pequeno sitio.



Então resolvo ficar e passar a noite nessa pequena casinha,  faço uma fogueira, armo minha rede e vou dá um cochilo,quando acordo já é umas 9:00 da noite pego minha mochila,corto um pedaço de linguiça, enfio em um graveto e coloco na minha fogueira meus olhos meios sonolentos ver uma mulher que se agacha no outro lado da fogueira com um sapo morto enfiado em um graveto.


Ela coloca seu sapo na fogueira, e um mau cheiro sobe,pergunto-a se ela não quer um pedaço de minha comida, mais ela me ignora ficando de cabeça baixa a assar sua caça. Eu termino com minha carne sento na minha rede e ela continua a assar esse sapo.


Então ela se levanta ainda de cabeça baixa e senta em um pedaço de madeira, eu nesse ponto já estou apavorado me subiu de repente um calafrio uma vontade de correr, mais crio coragem e pergunto:

___Quem é você?Fale?


Ela olha pra min de olhos entre aberto que vão se abrindo devagarzinho acompanhado de um sorriso medonho. Sua face não era deformada mais qualquer um de longe percebia que aquilo era o demônio.

Saio daquela casa com tudo, já quase caindo. Ouço não tão longe passos como se fosse cascos de cavalo ou um animal do tipo.  


Sinto que já estar quase me alcançando quando por desespero pulo em uma cerca de arame farpado onde se encontrava um curral com vacas paridas,.

Gente isso me salvou  pois tudo se acalma e o dia finalmente amanhece, e posso voltar a minha casa. Mais esse dia me deixou uma boa historia e uma bela lição:


Animais são seres puros abençoados por Deus!

Raimundo Barbosa
24 de abril de 2015




LEIAM TAMBÉM:

Comentários

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *