Mula sem Cabeça (A história)



A lenda conta sobre uma moça que vivia em um pequeno povoado em tempos difíceis onde a igreja e a religião eram o perdão e o castigo para tudo. Moças do século XII não tinham muita coisa pra fazer tudo era bem restrito e qualquer erro de caráter, seria motivo de punição para a sociedade, por isso a vida da moça se resumia em trabalhar no campo e aos domingos ir à missa.

Em um desses domingos nasceu à paixão, não por um rapaz qualquer e sim por um jovem padre, que logo nota os olhares da moça e inocentemente se envolve em um romance proibido. Esse romance se prolonga por muito tempo aumentando ainda mais esse amor, que fazia a moça ir todos os dias a igreja. 

Uma das beatas da cidade estranhou o comportamento da moça e a seguiu, vendo os dois juntos. A mulher ficou horrorizada com o que tinha visto e saiu correndo dali contando a o desastre para todas as pessoas que via a frente.

O alvoroço foi tão grande que dava de ver ao longe a multidão que se juntou na porta da igreja para apedrejar a pobre moça. O coração do padre com tamanho susto, medo e vergonha do que tinha feito não aguentou e morreu ali mesmo nos braços da pobre moça, que foi apedrejada e morta, sua cabeça ficou exposta para que todos vissem sua grande vergonha.


E a historia de amor deles acabou, junto com aquele povoado, pois desde esse dia, voltava todas as noites um demônio com sede de sangue que matava tudo pela frente e os que não morriam com o ataque fugiam para construir suas vidas bem longe dali, levando consigo a historia da mula sem cabeça e até hoje ela vaga por aí chorando chispas de fogo lembrando-se de seu grande amado.



Comentários

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *